Caso RR Donnelley: Em manifestação, Sindigráficos protocola documento na Polícia Federal

Nessa quarta-feira, 8/5, o Sindicato dos Gráficos de Barueri, Osasco e Região (Sindigráficos), em conjunto com o Sindicato dos Gráficos de São Paulo e o Sindicato dos Trabalhadores da Administração, realizaram uma manifestação reivindicando os direitos dos gráficos da RR Donnelley e dos trabalhadores demitidos do Grupo Abril.

Os manifestantes realizaram uma caminhada até a Polícia Federal, na Água Branca, em São Paulo, onde protocolaram documento destinado ao Ministro Sérgio Moro, pedindo investigação para averiguar se o pedido de auto falência da Donnelley foi fraudulento, o que pode ser considerado crime.

Entenda o caso

A RR Donnelley declarou falência há cerca de um mês e ainda não pagou as verbas rescisórias dos gráficos. “Em um movimento muito sujo, a empresa fechou as portas na calada da noite de um domingo, sem avisar o Sindicato ou os trabalhadores. Além disso, afirmou não ter condições para pagar a rescisão dos trabalhadores, FGTS e todos os direitos deles!”, explicou o presidente do Sindigráficos, Joaquim de Oliveira.

Trabalhadores demitidos da Abril passam por situação semelhante. O Poder Judiciário adiou outra vez a assembleia dos credores da Recuperação Judicial da Editora Abril, que já dura 8 meses e ainda não pagou mais de mil profissionais demitidos.

“É um absurdo o que essas empresas fazem com o trabalhador! Exploram a mão de obra, enriquecem as custas deles e depois viram as costas e não lhes pagam o que é deles por direito! Estamos lidando com famílias, mães e pais, que precisam colocar comida em casa e manter as contas em dia! É uma situação muito cruel e nosso Sindicato continuará na linha de frente, tentando negociar com a empresa e realizando mais quantas manifestações forem necessárias”, afirmou Joaquim.

Também participaram do movimento o presidente da Federação dos Gráficos do Estado de São Paulo, Leonardo Del Roy, o Sindicato dos Gráficos de Jundiaí, que emprestou o carro de som ao Sindigráficos, e Bricelda Gonzalez, Diretora Regional do setor gráfico da UNI.

GALERIA