Dia do Trabalhador: a luta nunca para

O 1° de maio, conhecido mundialmente como o Dia do Trabalhador, nos remete a uma jornada nada fácil que resultou em grandes conquistas no país e no mundo para aqueles que não desistem de ir à luta, que não se amedrontam ou recuam, a classe trabalhadora.

No entanto, na mira do governo, que atacou nossos direitos conquistados através de anos de luta e agride, constantemente nossa democracia, não temos muito que comemorar!

Após a aprovação da Reforma Trabalhista, que mudou mais de 100 pontos da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e trouxe prejuízos enormes aos direitos dos trabalhadores, como trabalho intermitente; negociações realizadas diretamente com patrão; criação de empregos informais, entre diversas outras atrocidades, nossa maior luta é pela manutenção dos direitos dos gráficos!

Em 2017, em nossa Campanha Salarial, com a força de nosso Sindicato, conquistamos a reposição da inflação no salário do trabalhador garantido em Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), assim como a manutenção de direitos importantes para a categoria. A hora extra realizada pelos trabalhadores nos dias de semana e sábados é paga com acréscimo de 65% ao trabalhador, já aos domingos e feriados, o acréscimo é de 100%. Nosso adicional noturno, também garantido em CCT, é de 35%; assim como a garantia de Participação nos Lucros e Resultados, auxílio-creche, cesta básica e mais de 80 cláusulas que garantem ao trabalhador gráfico de nossa base direitos essenciais para sua dignidade e qualidade de vida!

Infelizmente, o governo não parou com a aprovação da Reforma Trabalhista e a tentativa em aprovar a Reforma da Previdência foi outro exemplo de que não estão brincando quando o assunto é prejudicar o trabalhador. Por isso, não podemos parar!

Estamos em ano de eleição e, mais do que nunca, precisamos pensar e repensar sobre a importância do nosso voto. Em outubro, vamos dar voz a nossa indignação e protesto através das urnas. Precisamos nos organizar para reverter essa situação em que políticos preocupados apenas com seus interesses apunhalaram os trabalhadores pelas costas! Vamos votar em deputados, senadores e um presidente alinhados e comprometidos com os trabalhadores, que nos valorizem e revoguem todas as maldades que fizeram com o Brasil!

Parabéns aos trabalhadores que não se intimidam mesmo com tantos ataques e que continuam na luta em defesa da democracia e contra a retirada de direitos.

Seguimos lutando juntos!

Álvaro Ferreira, presidente do Sindigráficos

GALERIA