O sucateamento do Ministério do Trabalho

Há algum tempo, os servidores do Ministério do Trabalho vêm denunciando descaso do governo, o que ameaça o atendimento em agências de todo Brasil. Os problemas vão desde condições precárias no ambiente de trabalho, como sanitários sujos e lixo acumulado, até deficiência no fornecimento de materiais, como papel, caneta equipamentos de impressão e combustível para o trabalho de fiscalização. Os problemas afetam diretamente os servidores do Ministério e, consequentemente, uma prestação de serviço eficiente para o trabalhador brasileiro.

O Sindigráficos, sempre presente em fiscalizações de gráficas da região, também parou de ser chamado. “Antes, éramos solicitados em todas visitas realizadas nas empresas. Agora, ninguém chama mais. Além da Reforma Trabalhista, que apunhalou os trabalhadores, o governo golpista também enfraquece o Ministério do Trabalho. Precisamos cobrar mais investimento para o Ministério para garantir que as normas e leis que regem o trabalho e os direitos trabalhistas no Brasil sejam devidamente fiscalizadas”, afirmou nosso presidente, Álvaro Ferreira da Costa.

GALERIA